Preço da banana tem variação de até 459,18% em supermercados de Campina

Em Campina Grande o preço do quilo da banana pode variar até 459,18%, ou seja, de 0,98 centavos a 5,48 reais, foi o que constatou a equipe de pesquisa do Procon Municipal em visita a 10 supermercados da cidade nos dias 26 e 27 deste mês. Além da banana, o tomate longa vida também apresentou grande variação, o quilo pode ser encontrado aos preços de    R$2,49 a R$6,98. Mas o que mais chama a atenção na pesquisa deste mês é o quilo do alho, um item indispensável no tempero dos campinenses que pode ser encontrado aos valores de R$ 10,90 a R$ 37,90.

O campinense pode conferir estes e 52 outros produtos que estão no levantamento mensal feito pelo órgão e disponível no site http://procon.campinagrande.pb.gov.br. Em novembro a Cesta Básica Regional custou ao campinense um valor médio de R$ 231,46, comprometendo 24,36% do salário mínimo de um trabalhador. Em comparação com o mês anterior, onde os mesmos produtos custaram  226,06 constata-se um aumento de R$ 5,40.

Rivaldo Rodrigues, coordenador do Procon de Campina Grande orienta que além da pesquisa entre estabelecimentos, dentro do supermercado, o consumidor deve fazer um pequeno roteiro do que pretende comprar.

“Isso ajuda a organizar o carrinho e, principalmente, a economizar. Comparando os preços dos produtos entre as várias marcas, observando peso ou quantidade, data de fabricação e prazo de validade. Também é bom ter cuidado com promoções. Analise sempre as ofertas do tipo “leve 3 e pague 2”, se realmente são verdadeiras e econômicas. Ao adquirir produtos em grande quantidade como pacotes de café, por exemplo, esteja atento à data de validade. Caso não esteja atento, poderá levar pra casa produtos com prazo de validade muito curto ou até vencido. E sobretudo, rejeite produtos congelados cujas embalagens de papelão estejam com bolhas, manchas ou danificadas. Isso denuncia mercadoria estragada, devido ao manuseio e à flutuação da temperatura”, orienta Rivaldo.

COMPARTILHAR